quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Ironia




 
Na sombra dos dias que me perseguem, 
eu ainda procuro uma forma de usar as minhas palavras,
sem que a ironia as visite.
E eu tento fazer com que elas cheguem a seus ouvidos,
do jeito que no princípio elas me pertenciam,
mesmo que não sejam tão somente minhas,
Pois era você o porto de inspiração.
E não se assuste quando algumas dessas palavras
chegarem amargas,
nem sempre é fácil adoçá-las 
quando a ironia as persegue.
E você sabe disso!
Irônico seria se eu ainda não te pertencesse.
E seria irônico ainda, se eu também fosse sua.
Mas o que mais posso dizer?
Á não ser essas palavras,
antes tão cobertas de IRONIA!